Revitalização

Revitalização.jpg

     A pele é o órgão que mais reflete os efeitos da passagem do tempo. O envelhecimento é um processo biológico complexo, contínuo que se caracteriza por alterações celulares e moleculares, com diminuição progressiva da capacidade de homeostase do organismo, levando à senescência e morte celular programada (apoptose). É variável de um indivíduo para outro, de órgão para órgão.

 

     O envelhecimento da pele tem basicamente duas causas: a passagem natural do tempo (envelhecimento intrínseco, ou envelhecimento cronológico) e fatores ambientais que interagem com a pele (envelhecimento extrínseco, ou fotoenvelhecimento).

 

     Com o passar dos anos, as células da pele diminuem sua capacidade de renovação e a produção das fibras de colágeno e elastina, que conferem firmeza e elasticidade. Assim, a pele perde elasticidade e se torna mais fina e flácida, passa a apresentar rugas finas, e é acometida também pela sua atrofia e a muscular. Além disso, a menor atividade das glândulas sudoríparas e sebáceas torna a pele mais seca, e a diminuição da microcirculação sanguínea reduz sua vitalidade e luminosidade.

 

     A radiação ultravioleta, provinda da exposição ao sol, o excesso de consumo de álcool, o abuso de tabaco, a poluição ambiental, o estresse, dentre outros, são fatores que "aceleram" o trabalho do relógio e potencializam o surgimento de rugas e manchas pelo seus efeitos cumulativos. Além disso, o aumento do peso corporal e dos níveis de açúcar no sangue também podem ajudar a pele a envelhecer antes do tempo.

     Mas, apesar deste cenário, nem tudo está perdido. Para retardar os sinais do processo do envelhecimento o importante é a prevenção.

     Hoje, com tantas pesquisas e produtos eficientes, estes efeitos podem ser amenizados. Podemos trabalhar o envelhecimento de forma preventiva e corretiva, mantendo a homeostase cutânea ao:

 

  • Controlar os primeiros sinais do envelhecimento;

  • Eliminar linhas de expressão;

  • Prevenir e controlar o fotodano;

  • Diminuir ação de radicais livres (ação antioxidante);

  • Uniformizar a cor e a tonalidade da pele;

  • Aumentar a permeabilidade cutânea;

  • Combater a flacidez tecidual;

  • Melhorar a tonicidade da pele e a coesão celular;

  • Reduzir a aparência de rugas;

  • Nutrir a pele;

  • Reduzir e mudar o tipo e o aspecto das rugas que adicionam anos à aparência.

Logo-01.png